2leep.com

sexta-feira, 11 de maio de 2012

Cultura e Responsabilidade Social

      Os fóruns empresariais por sua vez, se guiam pela mesma linha. Nestes encontros, ocorre
também a apresentação de “cases” bem sucedidos de apoio cultural a eventos, como estratégia de obter prestígio advindo da aura que perdura em volta da cultura. Outra forma de apresentação ocorrida nesses encontros, consiste no detalhamento do processo de implantação da Responsabilidade Social nas empresas e os seus impactos na gestão dos negócios e gestão de pessoas.
       Diante de uma quase aridez de reflexões que sigam outras linhas, o presente trabalho
guia-se pela perspectiva de lançar um olhar diferente para as questões culturais que se relacionam com as ações empresarias ditas socialmente responsáveis. Assim, trilhamos por uma análise da relação entre cultura e Responsabilidade Social, que ultrapasse as estratégias do marketing cultural, tão presente nos meios de comunicação, as quais reforçam permanentemente um modelo econômico que se tem denominado de “capitalismo social”.
       É perceptível uma progressiva substituição de bens tangíveis pela cultura no relacionamento entre empresas e a sociedade, uma postura que visa afastar as organizações das ações filantrópicas do passado. Nesse ambiente onde se processa a troca de recursos financeiros por bens simbólicos, oriundos do campo cultural, a cultura vista como um bem, preserva a relação dialética do valor de uso e valor de troca.

0 comentários:

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Top WordPress Themes