2leep.com

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Facebook Ads: Uma imagem vale mesmo mais




Altere suas imagens no Facebook Ads

Na coluna de hoje, entenda a importância da imagem e saiba como trabalhar melhor com ela na hora de montar sua campanha.

Saiba Escolher

O subtítulo aí pode parecer óbvio, afinal quem escolhe a imagem certa vai conseguir o resultado esperado, atingindo uma maior audiência nos cliques dos Ads. Mas antes que você solte um “Ah, Vá?!” para este nobre escritor, permita-me discorrer sobre a frase e exemplificar com algumas idéias.
Pra começar, evitando questionamentos sobre a eficiência dos anúncios em termos de atenção do usuário na página do Facebook, um estudo feito pela EyeTrackShop, a pedido do Mashable, mostra como o olho de alguém se comporta quando está diante do novo perfil da rede (a Timeline). Além de ter o mapa de calor das regiões, o texto do resultado mostra também qual a ordem dos setores observados pelo usuário.
Como os usuários olham a página
Ou seja, tirando as informações básicas e o mural, além das imagens de topo e perfil, os anúncios são a próxima coisa a ser observada por alguém no Facebook (pegando o estudo como base). Partindo disso, criar um Ad atraente, com uma imagem que chame ainda mais atenção, é fundamental para o sucesso.

Na Prática

Uma das intenções de se montar um anúncio no Facebook é ganhar mais visibilidade/fãs/acesso oferecendo alguma vantagem extra. As pessoas são mais tentadas a clicar quando algo de brinde está sendo oferecido. Peguei, enquanto estudava para escrever a coluna, o exemplo da Yellow Sky Actions citado num artigo. A empresa oferecia quatro alterações de imagem em Photoshop se ganhassem Likes na página.
Primeiro anúncio da Sky Action
O anúncio é padrão (título da empresa, texto chamando para o brinde) e a imagem é bem fraca, mostrando apenas uma mulher numa foto que dá a impressão ter sido tratada pelo programa de edição. Ora, se você vai presentear o usuário com algum recurso do Photoshop, que tal mostrar pra ele o que você tem?
Versão melhorada do anúncio
A chamada de título é outra, o texto é outro e, principalmente a imagem mudou. O efeito “antes e depois” atrai a visão do usuário, tanto pela foto como pelo texto. Uma boa sacada para se pensar caso você tenha um serviço ou produto que faça alterações visuais em algum pertence do cliente.
Pense que a ordem de visualização de um anúncio vai da imagem, passando pelo título e depois para a descrição (até mesmo o destaque do texto descritivo é bem menor que os outros). Portanto, procure sempre pensar na imagem primeiro, ou ao menos dê a ela mais atenção depois que montar um texto.
Uma dica é escrever a descrição e, posteriormente, pensar em que tipo de imagem encaixa. Caso não encontre nada que julgue atraente, mude o texto.
Muitos apelam apenas para o texto, anunciando descontos, ofertas e outras informações para os usuários. A fonte em tamanho maior, aliada a uma cor destacada, pode mesmo atrair os olhos da pessoa.
Texto na imagem também vale
E se juntarmos os dois recursos? Tomando o segundo exemplo acima, encontrei na Internet as variações de anúncio que resultaram na criação de um mais eficiente, com a imagem mesclando dois dos Ads testados:
Seus testes podem gerar um novo Ads
Resumindo, procure olhar seus exemplos já criados e pensar em alternativas visuais para eles. Uma terceira opção de anúncio (como o exemplo acima) pode fazer toda a diferença na hora de emplacar uma campanha de sucesso no Facebook.

Deixe o Logo por Último

Tudo bem que o logo da sua empresa é a sua cara, sua marca visual. Mas se estamos falando de uma plataforma de anúncios onde a imagem é o que mais chama a atenção, o seu logo pode não ganhar a preferência do usuário que está ali no Facebook. Por vezes já me deparei com uma sequência de Ads na minha tela onde apenas logotipos estão destacados na coluna da direita. Traz a sensação que estou num catálogo ou páginas amarelas.
Portanto, quando pensar na imagem da sua nova campanha, pense em tudo, dê idéias e deixe seu logo por último. Se você for uma grande marca, por exemplo, e tem um famoso ‘garoto-propaganda’ para explorar, prefira usar sua foto do que o logotipo da sua marca. A identificação será mais rápida e seu anúncio terá um tom menos comercial.
Um case de sucesso que temos aqui em nossas experiências veio ao lado do Fábio Ricotta, que gerenciava a campanha de um grande evento de search que tivemos no ano passado. Criando os anúncios, pensamos em usar a foto do palestrante ao invés do logo do evento. Na ocasião, explorávamos a vinda do Rand Fishkin e sua foto foi colocada no anúncio, chamando o usuário para assisti-lo pela primeira vez no Brasil.
A campanha deu bem mais certo que a montada com o logotipo, comprovando que a foto pode fazer mesmo uma grande diferença.
Um exemplo clássico que todo mundo vai se identificar é o da empresa que promove um site de relacionamentos. Com as chamadas de “quero um(a) namorado(a)”, os anúncios trazem fotos de meninas para tentar atrair a atenção do usuário. Esses Ads estão por toda parte e foram segmentados para atingir o público com status de solteiro no Facebook.

Resumo da Ópera

  • Pense sempre na imagem;
  • Seja criativo;
  • Teste sempre.
Prepare o bolso e boas campanhas!
Um abraço!

Comentário:

Eu concordo com essa reportagem, realmente a imagem vale mais, eu mesma as vezes olho algumas propagandas do facebook pela imagem que me chama atenção, uma imagem mais clara, maior, mais colorida com algo interessante, acredito que todos são assim também, se vemos uma imagem que nao tem uma aparência muito boa, nao temos a curiosidade de ver.

0 comentários:

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Top WordPress Themes