2leep.com

terça-feira, 22 de março de 2011

Portfólio mostra estilo e qualidade do trabalho

Apresentação de projetos é cada vez mais solicitada pelas empresas em processos de seleção

Patrícia Lucena, iG São Paulo 22/03/2011 05:57

Ter qualificações e trabalhar em grandes empresas são importantes para conseguir o emprego ideal. Mas as companhias pedem cada vez mais que o candidato comprove sua experiência na área. Por isso, profissionais de diversas áreas estão montando portfólios com exemplos de seus trabalhos com o objetivo de se diferenciar durante um processo de selação.

Na hora de montar um portfólio, é importante destacar os melhores projetos.

Segundo Angela Valiera, gerente do site de busca de empregos Carreira Fashion, em especial nas áreas de criação é bem muito apresentar os projetos que realizou. “As empresas pedem que o candidato envie um portfólio antes da entrevista, junto com o currículo. É o melhor material para mostrar seu estilo de trabalho.”

Segundo Luciano Tardin, coordenador do curso de pós-graduação em design estratégico da Escola Superior de Propaganda e Marketing do Rio de Janeiro (Espm-RJ), o portfólio é importante para avaliar a trajetória do profissional na área. “O recrutador vai analisar tanto sua experiência como seus potenciais. Se é um profissional de recursos humanos, ele não tem como avaliar seus projetos, mas como você montou o seu portfólio, seus potenciais.” Por isso, é fundamental que o profissional também coloque suas habilidades como pessoa, pois a imagem também será avaliada.

Segundo Gabriel França, diretor de criação da agência de publicidade Grupo Scama, é comum as empresas se depararem com candidatos com formações parecidas, que acabam tendo um desempenho parecido também nas entrevistas. “Os recrutadores precisam ver um pouco mais. Saber como aquele profissional trabalha e o que é capaz de fazer.”

Além disso, a importância do portfólio vem crescendo com o fato de que hoje as pessoas mudam de emprego mais rapidamente. “Os profissionais ficam em média dois anos em uma empresa. Com isso, muitas vezes pessoas de 30 anos já passaram por pelo menos cinco lugares. Elas têm um leque maior de projetos. O portfólio ajuda a apresentar seus diferentes conhecimentos e experiências”, afirma Angela.
No currículo, o profissional lista as empresas pelas quais já passou e o que fez em cada uma. Mas muitas pessoas não conseguem colocar isso no currículo de forma objetiva. “Assim, começa a surgir a necessidade de algo que conte seus projetos mais importantes”, afirma Angela.

Montar um portfólio é uma forma de conseguir entender um pouco qual é a real produção daquela pessoa. “A própria montagem já mostra algum tipo de capacidade seletiva, se ela sabe escolher quais os melhores projetos para colocar na apresentação”, destaca França.

Como montar
Alguns itens são essenciais em um portfólio: melhores trabalhos, informações para contato, fotos dos projetos – no caso de arquitetos, designers e engenheiros –, breves descrições do que realizou e textos elaborados pelo profissional, para profissões como jornalismo ou outras relacionadas à escrita. As apresentações podem ser feitas tanto em Power Point – no caso de haver ilustrações – como também em formato de texto, apenas descrevendo todos os projetos.

“Você pode fazer uma apresentação em papel ou virtual. Mas em qualquer das opções é fundamental saber quais os projetos relevantes que devem ser mostrados e o modo como apresentá-los. O portfólio também passa a imagem da pessoa”, destaca Angela.

É importante destacar que na hora de montar um portfólio é preciso projetar o que o profissional almeja para aquele emprego. “Muitas vezes, você pode colocar projetos que não têm uma relação direta com o setor em questão, mas têm a ver com a área que você pretende seguir”, ressalta Tardin.

"O portfólio ajuda a apresentar seus diferentes conhecimentos e experiências", afirma Angela Valiera

Mas também não adianta descrever todos os projetos que já realizou. “O portfólio não pode ser tão extenso. O profissional deve evidenciar aqueles que são mais importantes e explicá-los de forma clara”, destaca Angela.

Um bom portfólio deve ser curto. “Se for muito longo, fica monótono e o recrutador acaba nem vendo tudo. Além de não manter certo equilíbrio e ter casos bons e uns não muito relevantes”, afirma França. Segundo ele, o profissional deve colocar no máximo dez dos melhores projetos. “Aquilo que realmente é o melhor, que represente tudo que a pessoa pode fazer e que mostra as qualidades que tem.”

É preciso partir de um desafio. Angela afirma que a pessoa deve explicar qual era o problema e a necessidade da empresa naquele momento, quais ações fez para solucionar e, depois, quais os resultados alcançados. “Com isso, o profissional deixa claro o caminho que percorreu e o que é capaz de fazer.”

Dessa forma, segundo Angela, independentemente de o recrutador ser da área em questão ou de recursos humanos, ele vai conseguir compreender o que a pessoa desenvolveu. “Para isso, é fundamental que a apresentação tenha um raciocínio lógico e que mostre casos relevantes e diversificados.”

Mas é importante também que o portfólio esteja alinhado com o currículo. “Se a pessoa achar que não deve colocar um projeto na apresentação, também não deve incluir no currículo. Não pode ficar desigual”, afirma França. Além disso, deve estar coerente com o que o profissional é. “Não pode ser muito discrepante das habilidades pessoais.”

A seleção dos projetos que serão apresentados no portfólio mostra se o profissional é organizado, coerente e se tem essa capacidade de apontar o que já fez de melhor. “Dependendo de como ele apresenta os projetos, o recrutador também consegue ver se a pessoa é discreta, criativa ou tímida, por exemplo”, ressalta França.

4 comentários:

Blog da Luh RC disse...

O portfólio, é um ótimo modo de conhecer melhor o candidato ao emprego e ainda é um meio informal, que deixa o candidato poder te "cativar" através de fotos de projetos, pesquisas entre outros.
É um novo jeito de se inserir no mercado de trabalho com algo a mais que o seu concorrente.

Keyla disse...

As empresas hoje em dia buscam por profissionais que realmente estão preparados para lidar com o mercado de trabalho, que estão prontos para enfrentar novos desafios e que se sintam seguros. Com a apresentação do portfólio o candito vai poder mostrar suas habilidades e a empresa vai ter a certeza de seus conhecimentos.

pedro disse...

Sem dúvida, uma apresentação profissional e objetiva faz com que o candidato tenha maiores chances de ser reconhecido, ainda mais nos dias de hoje com o mercado tão competitivo. A empresa por sua vez, olha uma boa apresentação com outros olhos e sente uma determinação e seriedade maior provinda do candidato. Sem dúvida, um portfólio bem feito abre portas e pode realmente fazer a diferença.

Duciene disse...

No Mercado de trabalho competitivo em que vivemos,precisamos constatemente nos atualizar tanto em relação ao aprendizado quanto as novas técnicas, considerando como um fator crucial que nos diferencie, pois o mercado está cada vez mais exigente e o portifólio nos dias de hoje já vem se tornando uma ferramenta essencial na vida do profissional empreendedor.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Top WordPress Themes